Estreias da Semana - 31/03/2016

(31 de mar de 2016)



Confira em destaque as estreias nos cinemas, desta quinta-feira, a seguir:



Casamento Grego 2

Toula e Ian continuam juntos e passam bastante tempo tentando compreender a problemática filha adolescente. Quando o casal descobre que a união de sua família nunca foi oficializada pela religião, todos os Portokalos se reúnem para mais um grande casamento grego.

Comédia / Romance - (My Big Fat Greek Wedding 2) EUA / Canadá, 2016.

Direção: Kirk Jones.
Roteiro: Nia Vardalos.
Elenco: Nia Vardalos, John Corbett, Michael Constantine, Lainie Kazan, Andrea Martin, Gia Carides, Joey Fatone, Elena Kampouris, Alex Wolff, Louis Mandylor, Bess Meisler, Bruce Gray, dentre outros.

Duração: 94 min.
Classificação: 12 anos.



Norm e os Invencíveis

Norm é um urso polar do Ártico que não tem a menor vocação para a vida selvagem. Além do mais, ele domina uma estranha habilidade: a capacidade de se comunicar com os seres humanos. Quando o ecossistema da região onde vive é ameaçado pela especulação imobiliária na figura de um ambicioso empresário, Norm decide embarcar para Nova York na companhia dos "invencíveis" lêmingues e tentar impedir que o plano siga adiante.

Animação / Aventura / Comédia - (Norm of the North) EUA / Índia, 2016.

Direção: Trevor Wall.
Roteiro: Daniel Altiere, Steven Altiere, Malcolm T. Goldman e Jamie Lissow.
Elenco: Rob Schneider, Heather Graham, Ken Jeong, Bill Nighy, Colm Meaney, Loretta Devine, Michael McElhatton, Maya Kay, Gabriel Iglesias, Salome Jens, Charles Adler, Debi Derryberry, dentre outros.

Duração: 90 min.
Classificação: Livre.



Visões do Passado

O psicólogo David Bower e sua esposa decidem retornar a Melbourne, na Austrália, lugar onde se conheceram, para tentar começar uma vida nova e deixar para trás o maior trauma de suas vidas: a morte da filha de 12 anos em um trágico acidente. Uma vez instalados na cidade, Bower recebe a ajuda do Dr. Duncan, que realiza uma triagem de pacientes e os encaminha para o consultório do psicólogo, a fim dele retornar ao trabalho com calma. Contudo, Bower descobre um elo terrível entre seus pacientes que o obriga a voltar a sua cidade natal e confrontar um dilema que somente ele pode solucionar.

Drama / Mistério / Suspense - (Backtrack) Austrália, 2015.

Direção: Michael Petroni.
Roteiro: Michael Petroni.
Elenco: Adrien Brody, Sam Neill, Robin McLeavy, Bruce Spence, Jenni Baird, Anna Lise Phillips, Chloe Bayliss, Olga Miller, George Shevtsov, Malcolm Kennard, dentre outros.

Duração: 90 min.
Classificação: 14 anos.



Voando Alto

Com o sonho de participar dos Jogos Olímpicos de 1988, Eddie Edwards contava com poucas chances e muitos problemas: não tinha ninguém que o financiasse e contava com um problema de vista que o obrigava a usar óculos. Além disso, passou a infância enfrentando problemas de joelho. Mesmo assim, ele desejava participar, não para ganhar uma medalha, mas para apenas estar presente no evento. Após ser dispensado da equipe de esqui, Eddie percebeu que teria chance na categoria de salto de esqui, já que a Grã-Bretanha não possuía uma equipe na modalidade há décadas. Para conseguir atingir esse sonho, ele conta com a ajuda de Bronson, um ex-esportista que enfrentou problemas de disciplina em sua época.

Comédia / Drama / Biografia - (Eddie the Eagle) EUA / Inglaterra / Alemanha, 2016.

Direção: Dexter Fletcher.
Roteiro: Sean Macaulay e Simon Kelton.
Elenco: Taron Egerton, Hugh Jackman, Edvin Endre, Keith Allen, Jo Hartley, Jim Broadbent, Ania Sowinski, Christopher Walken, Marc Benjamin, dentre outros.

Duração: 106 min.
Classificação: 12 anos.



Zoom

Esta é a história de três artistas: Edward, vaidoso diretor de cinema que precisa refilmar o final de um longa contra sua vontade e de repente começa a ter problemas sexuais. Michelle, modelo brasileira que deixa namorado e carreira nos EUA para voltar ao seu país e escrever um livro. E Emma, desesperada para retirar seus implantes de silicone, recorre a meios duvidosos para ganhar um dinheiro extra.

Animação / Comédia / Drama - Brasil / Canadá, 2015.

Direção: Pedro Morelli.
Roteiro: Matt Hansen.
Elenco: Gael García Bernal, Alison Pill, Mariana Ximenes, Jason Priestley, Tyler Labine, Don McKellar, Claudia Ohana, Michael Eklund, Jennifer Irwin, dentre outros.

Duração: 96 min.
Classificação: 14 anos.



Para Minha Amada Morta

Após a morte de sua esposa, o fotógrafo Fernando torna-se um homem calado e introspectivo. Ele vive cercado de objetos pessoais da falecida até descobrir, em uma fita VHS, uma surpresa que coloca em dúvida o amor da esposa por ele. A partir de então Fernando decide investigar a verdade por trás destas imagens, desenvolvendo uma obsessão que consome seus dias e sua rotina.

Drama - Brasil, 2015.

Direção: Aly Muritiba.
Roteiro: Aly Muritiba.
Elenco: Fernando Alves Pinto, Giuly Biancato, Lourinelson Vladmir, Mayana Neiva, Michelle Pucci e Vinicius Sabbag.

Duração: 105 min.
Classificação: 14 anos.



A Juventude

Fred e Mick, dois grandes amigos com quase 80 anos de idade cada, estão passando as férias em um luxuoso hotel. Fred é um compositor e maestro aposentado e Mick é um cineasta em atividade. Juntos, os dois se recordam das paixões da infância e juventude. Enquanto Mick luta para finalizar o roteiro daquilo que pode ser seu último grande filme, Fred não sente vontade de retomar sua música. Entretanto, muito coisa ainda pode mudar.

Drama / Comédia - (Youth) Itália / França / Inglaterra / Suiça, 2015.

Direção: Paolo Sorrentino.
Roteiro: Paolo Sorrentino.
Elenco: Harvey Keitel, Michael Caine, Paul Dano, Rachel Weisz, Jane Fonda, dentre outros.

Duração: 124 min.
Classificação: a definir.



O Outro Lado do Paraíso

Antônio faz o que pode para conseguir dinheiro para o sustento do lar. Já tentou garimpo, bicos diversos, e agora pensa ter encontrado finalmente seu lugar: Brasília. Atraído pelas promessas do presidente João Goulart e pela ampla oferta de emprego, ele se muda para a capital com a esposa e os filhos. O sonho da prosperidade, no entanto, é interrompido pelo golpe militar e Antônio, envolvido com o sindicalismo, começa a viver um pesadelo.

Drama - Brasil, 2014.

Direção: André Ristum.
Roteiro: Marcelo Müller.
Elenco: Eduardo Moscovis, Simone Iliescu, Jonas Bloch, Maju Souza, Camila Márdila, Adriana Lodi, Murilo Grossi, dentre outros.

Duração: 100 min.
Classificação: a definir.


Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 13:23  



Eu já havia falado do perigo de gerar altas expectativas em outro post semana passada.


Batman vs. Superman é um filme que contém várias cenas isoladas de qualidade, mas como um todo, ele deixa a desejar em vários aspectos. São problemas que já existiam em O Homem de Aço e nunca foram devidamente corrigidos.


Deixo claro. Não entro na onda dos críticos que detonaram o filme mesmo antes dele ser lançado. Acho que ele tem pontos fortíssimos a seu favor. Há cenas eletrizantes, principalmente quando juntam Batman e Superman em cena. As cenas de ação tem coreografia de primeira. Dá para ver que investiram dinheiro nessa produção e cada centavo rendeu uma tomada de ótima qualidade.


O problema é que por mais que muitas cenas tenham o impacto desejado, o restante peca por pouco desenvolvimento ou tramas mal pensadas. O roteiro é muito bagunçado, deixando a desejar. Fica a impressão de que perdi umas 10 cenas que explicariam as motivações dos personagens.


Seguem spoilers abaixo.



Honestamente, qual o propósito de Lex Luthor? Sua motivação não faz nenhum sentido (além de Eisenberg trazer uma péssima performance). E é uma pena porque o embate entre os dois personagens acontece graças a suas manipulações. Para que Superman lute contra Batman, é necessário que Luthor rapte Martha. Isso priva Clark da decisão de combater o Homem-Morcego. Quando os personagens ditam o rumo da trama ao invés do contrário, o filme consegue se sobrepor e até impressionar. Por exemplo, a cena em que Clark solta o nome de Martha, interrompendo a trajetória de Bruce é um dos melhores momentos. Igualmente, a decisão de Clark em se sacrificar usando a lança de kriptonita contra Apocalipse é o climax que o filme merece (principalmente com a excelente trilha de Hans Zimmer). Ben Affleck encarnou muito bem o Batman (e seu alter-ego Bruce Wayne), e Gal Gadot também tem presença como a Mulher-Maravilha.


Não é um filme ruim. Só não conseguiu atingir aquilo que todos esperavam. Se há uma forma simples de descrever o filme eu usaria o termo potencial desperdiçado.


Pra mim, os problemas começaram em 2006. Enquanto Christopher Nolan levantava as expectativas do público e da própria Warner às alturas com seu êxito nos filmes do Homem-Morcego, Bryan Singer almejava trazer de volta o Superman no mesmo espírito dos filmes clássicos de Richard Donner. No fim das contas, Superman - O Retorno, mesmo com boas intenções, teve um sucesso modesto se mantendo fiel ao que já havia funcionado há quase 30 anos.


Contudo, a Warner não estava satisfeita e vendo o que Nolan e David S. Goyer estavam fazendo em Gotham City, eles resolveram mudar completamente o rumo da franquia. A idéia original era seguir adiante com a jornada do Superman independente de qualquer intrusão de outros super-heróis.


Foram dois fatores que motivaram a vinda do Batman para este filme:


1. Snyder, Goyer e a Warner resolveram acatar as críticas do primeiro filme a respeito da destruição que Superman havia causado em Gotham durante sua batalha com Zod.


2. Com o sucesso dos Vingadores e a expansão do universo compartilhado da Marvel, a DC se sentiu na necessidade de criar um universo e a Liga da Justiça o mais rápido possível. Nada mais óbvio do que usar uma franquia existente para acelerar este processo.


Esses dois fatores contribuiram para essa bagunça que vemos. O que era para ser uma continuação tradicional se tornou uma mistura de prioridades distintas. O fato de Terrio e Goyer terem conseguido ao mínimo gerar um roteiro filmável já foi praticamente milagroso. Também não culpo Snyder pelas falhas. Ele fez o melhor que pôde. Ele está cotado para dirigir A Liga da Justiça, mas ao mesmo tempo acho que seria melhor para ele se afastar um pouco desse universo e tentar criar algo novo e diferente. Espero que ele não deixe o negativismo afetar seus esforços. Ele é talentoso e merece melhor do que ser alvo de críticas de fãs de quadrinhos.


De qualquer forma, espero que A Liga da Justiça não fique preso nas expectativas e consiga agradar ao público por seus méritos. Tanto Superman quanto Batman ficam preso na batalha de expectativa de superar os filmes de Donner e Nolan. Também espero o melhor de Esquadrão Suicida cujo trailer mostra potencial.



Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 12:13  

Estreias da Semana - 24/03/2016

(24 de mar de 2016)



Confira, em destaque, as estreias nos cinemas desta quinta-feira a seguir:



Batman vs Superman - A Origem da Justiça

O confronto entre Superman e Zod em Metrópolis fez com que a população mundial se dividisse acerca da existência de extra-terrestres na Terra. Enquanto muitos consideram Superman como um novo deus, há aqueles que consideram extremamente perigoso que haja um ser tão poderoso sem qualquer tipo de controle. Bruce Wayne é um dos que acreditam na segunda hipótese. Sob o manto de um Batman violento e obcecado, ele investiga o laboratório de Lex Luthor, que descobriu uma pedra verde capaz de enfraquecer e eliminar os filhos de Krypton.

Ação / Aventura / Fantasia / Ficção Científica - (Batman v Superman: Dawn of Justice) EUA, 2016.

Direção: Zack Snyder.
Roteiro: Chris Terrio e David S. Goyer.
Elenco: Henry Cavill, Ben Affleck, Amy Adams, Jesse Eisenberg, Diane Lane, Laurence Fishburne, Jeremy Irons, Holly Hunter, Gal Gadot, Scoot McNairy, Callan Mulvey, Tao Okamoto, Brandon Spink, Lauren Cohan, Michael Shannon, Michael Cassidy, Kevin Costner, Carla Gugino, Anderson Cooper, Patrick Wilson, Emily Peterson, dentre outros.

Duração: 151 min.
Classificação: 12 anos.


O Jovem Messias

Aos 7 anos, Jesus vive com sua família em Alexandria, Egito, onde eles fugiram para evitar o massacre de crianças pelo Rei Herodes de Israel. Jesus sabe que seus pais, José e Maria, mantém segredos sobre seu nascimento e o tratamento que o faz diferente de outros garotos. Seus pais, porém, acreditam que ainda é cedo para lhe contar a verdade de seu milagroso nascimento e seu propósito. Com a morte do rei, eles voltam para Nazaré sem saber que o herdeiro do trono, o novo rei, é como seu pai e está determinado a matar Jesus, ao mesmo tempo em que ele descobre a verdade sobre sua vida.

Drama - (The Young Messiah) EUA, 2016.

Direção: Cyrus Nowrasteh.
Roteiro: Betsy Giffen Nowrasteh e Cyrus Nowrasteh.
Elenco: Sean Bean, David Bradley, Sara Lazzaro, Adam Greaves-Neal, Jonathan Bailey, Isabelle Adriani, Rory Keenan, Vincent Walsh, Christian McKay, dentre outros.

Duração: 111 min.
Classificação: 12 anos.


A Luneta do Tempo

Lampião, sempre acompanhado por sua amada Maria Bonita, lidera seu bando pelo sertão de Pernambuco, enfrentando a polícia local. Seu principal antagonista é Antero Tenente, que foi abandonado preso e de cabeça para baixo pelo bando de Lampião. Esta disputa permanece com o passar dos anos, quando o filho de Antero torna-se adulto e não aceita qualquer provocação à imagem do pai ou a simples menção a algo que lembre Lampião e seus cangaceiros.

Drama - Brasil, 2014.

Direção: Alceu Valença.
Roteiro: Alceu Valença.
Elenco: Irandhir Santos, Hermila Guedes, Hélder Vasconcelos, Charles Teony, Ary de Arimatéia, dentre outros.

Duração: 97 min.
Classificação: 12 anos.


Conspiração e Poder

A produtora da CBS Mary Papes juntamente com o âncora Dan Rather suspeitam de que o presidente George W. Bush foi um dos muitos jovens privilegiados que usou os seus contatos para não combater na Guerra do Vietnã. Armando uma exposição, os dois pretendem levar a história ao ar, mas o fato só começa uma guerra entre o poder constituído na tentativa de tirar o crédito das informações, o que abala o emprego dos dois contratados da CBS, quase altera as eleições e quase leva toda a CBS News abaixo.

Drama / Biografia - (Truth) EUA / Austrália, 2015.

Direção: James Vanderbilt.
Roteiro: James Vanderbilt.
Elenco: Cate Blanchett, Robert Redford, Elisabeth Moss, Topher Grace, Dennis Quaid, Bruce Greenwood, Stacy Keach, John Benjamin Hickey, David Lyons, Dermot Mulroney, Rachael Blake, Andrew McFarlane, dentre outros.

Duração: 125 min.
Classificação: 12 anos.


Autorretrato de uma Filha Obediente

Aos 30 anos de idade, Cristiana sempre teve uma vida correta, criada pelos pais burgueses em um bairro nobre. Ela prepara sua tese de doutorado, em engenharia relacionada aos terremotos, e de vez em quando sai com duas amigas de longa data. Mas seu real prazer é manter um caso com um homem casado pelo qual está apaixonada. Cristiana tem outro sonho: comprar um cachorro, desejo de infância que nunca foi autorizada a concretizar.

Drama - (Autoportretul unei fete Cuminti) Romênia, 2015.

Direção: Ana Lungu.
Roteiro: Ana Lungu.
Elenco: Elena Popa, Emilian Oprea, Andrei Enache, Iris Spiridon, Alexandru Lustig, Radu Iacoban, Dan Lungu, Magdalena Lungu, Veronica Grünau, dentre outros.

Duração: 81 min.
Classificação: 14 anos.


Desajustados

Fusi é um homem que já passou dos 40 anos de idade, mas ainda não teve coragem de entrar na vida adulta. Ele vive uma pacata rotina morando com sua mãe até que um encontro com uma mulher vivaz e uma menina de 8 anos afeta seu equilíbrio, obrigando-o a fazer mudanças.

Drama - (Fúsi) Islândia / Dinamarca, 2015.

Direção: Dagur Kári.
Roteiro: Dagur Kári.
Elenco: Gunnar Jónsson, Ilmur Kristjánsdóttir, Sigurjón Kjartansson, Margrét Helga Jóhannsdóttir, Franziska Una Dagsdóttir, Arnar Jónsson, dentre outros.

Duração: 94 min.
Classificação: a definir.


Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 12:13  



Estreia nessa semana nos cinemas Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. E a questão que mais preocupa executivos e acionistas da Warner Bros. é o quanto desse investimento se converterá em retorno financeiro.


O problema não é o filme ter prejuízo. É evidente pelas pré-vendas de ingressos online que o filme já tem lucro garantido. Além disso, a expectativa é que o filme renda cerca de 300 milhões de dólares durante o feriado da Páscoa, e isso somente nos EUA. A questão principal é se ele irá superar as expectativas dos acionistas e da mídia especializada.


O número que muitos querem ver é 1 bilhão de dólares.


Aí tem de se fazer a seguinte pergunta: não estariam exagerando essas expectativas?


Acho bastante possível que o filme eventualmente consiga essa quantia enquanto estiver em cartaz. Levando em conta os tamanhos dos mercados internacionais, é uma meta que dá para ser atingida.


São poucos os filmes que ultrapassam a cortejada casa do bilhão. Só que a cada dia que passa, os estúdios esperam que todas as produções de superheróis atinjam essa meta. Lucrar centenas de milhões já não é visto como sinal de sucesso. O Homem de Aço foi lançado em 2013, e lucrou 660 milhões de dólares*. Este "sucesso" fez com que os dirigentes da Warner mudassem radicalmente o rumo da franquia, inserindo o Batman de última hora nessa continuação. Não há outra forma de se interpretar essa correção a não ser uma tentativa de estancar uma hemorragia. É claro que viram os filmes do Batman dirigidos por Christopher Nolan (dois deles superaram a marca do bilhão) como modelos a serem replicados.


*O Homem de Aço foi uma resposta da Warner Bros. ao que viram como sendo o "fracasso" de Superman O Retorno, filme de 2006 dirigido por Bryan Singer, que rendeu quase 400 milhões na época.


Pessoalmente não entendo esta linha de pensamento. 660 milhões de dólares é muito dinheiro. São poucos os filmes que atingem esse patamar. Como que qualquer pessoa sensata acharia que isso representa uma decepção financeira? Honestamente, não entendo a linha de pensamento Wall Street em que empresas e companhias tem a obrigação de superar suas metas de lucro a cada ano que passa. Um ano de lucro menor que o anterior não significa que algo esteja errado com o conteúdo sendo lançado. Significa que há uma série de fatores que fizeram com que houvesse menos público (depressão econômica, competição de blockbusters rivais, etc.). Essa é a mesma atitude que fez com que a Sony fizesse dois reboots de Homem-Aranha em menos de 5 anos.


Tudo gira em torno de expectativa. Supostamente, o filme custou 400 milhões de dólares. Isso inclui marketing (e me faz questionar se é necessário investir tanto dinheiro assim em divulgação). Vários analistas afirmam que o filme precisaria ter bilheteria de 800 milhões para ser considerado lucrativo. A Warner negou essa previsão, mas também não divulgou uma estimativa própria. Eu argumentaria que poderia lucrar bem menos que isso sem preocupações. Lucro é lucro. O pior que se pode acontecer é cortar um pouco desse orçamento extravagante para futuras continuações.


Há alguns anos atrás, Lucas e Spielberg fizeram uma palestra afirmando que esse modelo de megaproduções estava fadado a um eventual fracasso. Era só uma questão de vários estúdios terem uma série de rombos financeiros consecutivos. Não acho que isso acontecerá agora (Deadpool foi um sucesso estrondoso pra Fox, isso sem falar de Star Wars).


Mas o fato de 1 bilhão estar se tornando uma meta obrigatória no gênero de superheróis me deixa preocupado porque enquanto se debatem quanto aos méritos e ganhos desses filmes, as produções mais modestas somem cada vez mais rápido dos cinemas.



Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 12:40  

Estreias da Semana - 17/03/2016

(17 de mar de 2016)



Confira, em destaque, as estreias nos cinemas desta quinta-feira a seguir:



Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Judy Hoops é a pequena coelha de uma fazenda isolada, filha de agricultores que plantam cenouras há décadas. Mas ela tem sonhos maiores: pretende se mudar para a cidade grande, Zootopia, onde todas as espécies de animais convivem em harmonia, na intenção de se tornar a primeira coelha policial. Judy enfrenta o preconceito e as manipulações dos outros animais, mas conta com a ajuda inesperada da raposa Nick Wilde, conhecida por sua malícia e suas infrações. A inesperada dupla se dedica à busca de um animal desaparecido, descobrindo uma conspiração que afeta toda a cidade.

Animação / Ação / Aventura / Comédia - (Zootopia) EUA, 2016.

Direção: Byron Howard, Rich Moore e Jared Bush.
Roteiro: Jared Bush e Phil Johnston.
Elenco: Ginnifer Goodwin, Jason Bateman, Idris Elba, Jenny Slate, Nate Torrence, Bonnie Hunt, Don Lake, J.K. Simmons, Octavia Spencer, Alan Tudyk, Shakira, Raymond S. Persi, Della Saba, Maurice LaMarche, Phil Johnston, John DiMaggio, Rich Moore, Byron Howard, Jared Bush, dentre outros.

Duração: 108 min.
Classificação: Livre.


Mundo Cão

Em 2007, antes de ser sancionada a lei que proibe o sacrifício de animais abandonados, Santana é um funcionário do Centro de Controle de Zoonoses de São Paulo que trabalha recolhendo cães de rua. Certo dia ele captura um enorme cachorro raivoso cujo dono só aparece para recuperá-lo dias depois, quando já é tarde demais. Irado, o homem culpa Santana pelo ocorrido e trama uma cruel vingança.

Drama / Suspense - Brasil, 2014.

Direção: Marcos Jorge.
Roteiro: Lusa Silvestre e Marcos Jorge.
Elenco: Lázaro Ramos, Adriana Esteves, Babu Santana, Milhem Cortaz, Paulinho Serra, Thainá Duarte, Vini Carvalho, Antonio Ravan, dentre outros.

Duração: 122 min.
Classificação: 14 anos.


A Linguagem do Coração

Final do Século XIX, França. Marie Heurtin é uma moça que nasceu cega e surda. Vivendo em seu próprio mundo, sem conseguir se comunicar, o pai dela a manda para um convento que cuida de crianças surdas. Entretanto, devido à falta de condições para tratá-la, a madre superiora a recusa. Graças à insistência da freira Marie Margueritte, que diz que pode cuidar dela apesar de seu problema de saúde, a madre volta atrás em sua decisão. Só que fazer com que Marie aprenda questões básicas de higiene e convívio social não será tarefa fácil.

Drama - (Marie Heurtin) França, 2014.

Direção: Jean-Pierre Améris.
Roteiro: Jean-Pierre Améris e Philippe Blasband.
Elenco: Isabelle Carré, Ariana Rivoire, Brigitte Catillon, Noémie Churlet, Gilles Treton, Laure Duthilleul, dentre outros.

Duração: 95 min.
Classificação: Livre.


Cemitério do Esplendor

Numa pequena cidade da Tailândia, 27 soldados são vítimas de uma estranha doença do sono. Para tratá-los, uma escola abandonada serve como abrigo. Uma mulher tailandesa de meia-idade, casada com um soldado americano aposentado, trabalha como voluntária no tratamento dos pacientes. Ela cria um interesse especial por Itt, que nunca recebe visitas.

Drama / Fantasia - (Rak ti Kohn Kaen) Tailândia, 2015.

Direção: Apichatpong Weerasethakul.
Roteiro: Apichatpong Weerasethakul.
Elenco: Jenjira Pongpas, Banlop Lomnoi, Jarinpattra Rueangram, Petcharat Chaiburi, Tawatchai Buawat, dentre outros.

Duração: 122 min.
Classificação: a definir.


Resurreição

Às vésperas de um levante em Jerusalém, surgem rumores de que o Messias judeu ressuscitou. Um centurião romano agnóstico e cético é enviado por Pôncio Pilatos para investigar a ressurreição e localizar o corpo desaparecido do já falecido e crucificado Jesus de Nazaré, a fim de subjugar a revolta eminente. Conforme ele apura os fatos e ouve depoimentos, suas dúvidas sobre o evento milagros começam a sumir.

Ação / Aventura / Drama / Mistério - (Risen) EUA, 2016.

Direção: Kevin Reynolds.
Roteiro: Kevin Reynolds e Paul Aiello.
Elenco: Joseph Fiennes, Tom Felton, Peter Firth, Cliff Curtis, María Botto, Luis Callejo, Antonio Gil, Richard Atwill, Mark Killeen, Stewart Scudamore, dentre outros.

Duração: 108 min.
Classificação: 12 anos.


Abaixando a Máquina 2 - No Limite da Linha

Após os acontecimentos políticos de junho de 2013 no Brasil, do crescimento do movimento ativista nas ruas com grande participação dos jovens e com o aumento da utilização de redes sociais e mídias alternativas, a grande mídia e o jornalismo tradicional, dois conceitos anteriormente sólidos, tornaram-se alvos de dúvidas, críticas e de metamorfoses. Através de depoimentos com ativistas, jornalistas e políticos, este é um retrato das transformações sofridas pelo jornalismo.

Documentário - Brasil, 2016.

Direção: Guillermo Planel.
Roteiro: Guillermo Planel.
Elenco: Ricardo Boechat, Domingos Peixoto, Elisa Quadros, José Mariano Beltrame, Evandro Teixeira, dentre outros.

Duração: 90 min.
Classificação: 12 anos



Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 12:02  

Uma alternativa ao Netflix?

(15 de mar de 2016)



Screening Room é um novo serviço de streaming que está ganhando destaque. O projeto foi idealizado por Prem Akkaraju e Sean Parker (criador do Napster). Sua função é a de disponibilizar filmes de hollywood que estão sendo lançados naquela mesma hora nas salas de cinema.


De acordo com a Variety, diversos cineastas como Steven Spielberg, Ron Howard, Peter Jackson e muitos outros declararam apoio a iniciativa. Ainda há alguns exibidores que mostram resistência ao projeto. No caso, eles temem perder uma fatia significativa dos lucros.


Só que no mundo atual, tudo é uma questão de se adaptar. Pessoalmente, acho que para quem não tem a disposição de se despencar para um cinema essa acaba se tornando uma opção muitíssimo bem-vinda. No fim das contas, você está investindo da mesma forma. Cada filme alugado custaria 50 dólares, e parte desse valor é redistrubuído para os exibidores. Assim, eles ficam compensados mesmo tendo de dividir seus lançamentos com uma plataforma digital de alcance muito maior.


De certa forma, esse é um desdobramento natural na era de Netflix, Hulu e NET Now. É claro que que vai aos cinemas continuará indo. Dependendo da sala que você escolhe, esta continua sendo a melhor experiência cinematográgica. Mas ter a opção de ter o filme em casa, podendo assistir dentro de nosso próprio horário é extremamente cômodo e prático. No fim das contas, isso não tem como dar errado. E não há porque esperar meses para que possamos ter a mesma oportunidade de quem vai ao cinema. O conceito de janela de exibição está mais do que ultrapassado.


Resta ver quais são os planos de distribuição internacional desse serviço, e, caso seja, entender como isso será implementado no Brasil.



Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 12:52  

Estreias da Semana - 10/03/2016

(10 de mar de 2016)



Confira, em destaque, as estreias nos cinemas desta quinta-feira a seguir:



A Série Divergente: Convergente

Após a mensagem de Edith Prior ser revelada, Tris, Quatro, Caleb, Peter, Christina e Tori deixam Chicago o que há além da cerca. Ao chegarem lá, eles descobrem a existência de uma nova sociedade.

Ação / Aventura / Ficção Científica - (The Divergent Series: Allegiant) EUA, 2016.

Direção: Robert Schwentke.
Roteiro: Noah Oppenheim, Adam Cooper e Bill Collage.
Elenco: Shailene Woodley, Zöe Kravitz, Naomi Watts, Theo James, Xander Berkeley, Miles Teller, Maggie Q, Jeff Daniels, Ansel Elgort, Bill Skarsgård, Jonny Weston, Joseph David-Jones, Keinyan Lonsdale, dentre outros.

Duração: 121 min.
Classificação: 12 anos.


Boa Noite, Mamãe

Uma família vive em uma residência isolada em meio a árvores e plantações de milho. Após dias afastada por conta de cirurgias plásticas, a mãe volta para casa e não é reconhecida pelos filhos gêmeos. As crianças, de 9 anos, duvidam que a mulher de rosto coberto seja realmente sua mãe.

Horror - (Ich Seh Ich Seh) Áustria, 2014.

Direção: Severin Fiala e Veronika Franz.
Roteiro: Veronika Franz e Severin Fiala.
Elenco: Lukas Schwarz, Elias Schwarz, Suzanne Wuest, Hans Escher, dentre outros.

Duração: 100 min.
Classificação: 16 anos.


Tudo Vai Ficar Bem

Certo dia o escritor Tomas briga com a sua namorada e sai dirigindo sem rumo. Nervoso, perde o controle do carro, atropela e mata uma criança. Afetado pelo trágico acidente, ele não consegue mais ter uma vida tranquila.

Drama - (Every Thing will be fine) Alemanha / Canadá / França / Suécia / Noruega, 2015.

Direção: Wim Wenders.
Roteiro: Bjørn Olaf Johannessen.
Elenco: James Franco, Rachel McAdams, Peter Stormare, Charlotte Gainsbourg, Marie Josée-Croze, Jack Fulton, Julia Sarah Stone, Patrick Bauchau, Robert Naylor, Lilah Fitzgerald, dentre outros.

Duração: 118 min.
Classificação: 14 anos.


O Presidente

Numa aldeia fictícia do Cáucaso, o Presidente em fuga tem apenas a companhia do neto de cinco anos. Um golpe de estado aconteceu e o ditador agora circula pelas terras que um dia governou disfarçado de músico. Pela primeira vez, ele se aproxima realmente da gente que por tanto tempo liderou, finalmente conhecendo aquele que era seu povo.

Drama - (The President) Alemanha / França / Geórgia / Inglaterra, 2014.

Direção: Mohsen Makhmalbaf.
Roteiro: Mohsen Makhmalbaf e Marziyeh Meshkiny.
Elenco: Mikheil Gomiashvili e Dachi Orvelashvili.

Duração: 119 min.
Classificação: 14 anos.


Astrágalo

1957. Albertine, uma jovem de 19 anos, pula do muro da prisão onde está cumprindo pena e acaba se machucando na queda, quebrando um osso do pé conhecido como astrágalo. Ela recebe a ajuda de Julien, que consegue abrigar a moça na casa de um amigo. Mas quando Julien acaba preso, Albertine precisará fazer tudo de necessário para sobreviver nas ruas de Paris.

Drama / Romance - (L'Astragale) França, 2015.

Direção: Brigitte Sy.
Roteiro: Serge Le Péron e Brigitte Sy.
Elenco: Leïla Bekhti, Reda Kateb, Esther Garrel, Jocelyne Desverchère, India Hair, Jean-Charles Dumay, Jean-Benoît Ugeux, Delphine Chuillot, dentre outros.

Duração: 96 min.
Classificação: 14 anos.


É o Amor

Odile é casada com Jean e suspeita que o marido a está traindo. Com esse palpite, ela decide se vingar dele da mesma forma. O destino faz com que conheça Daniel, um ator que mora com um ex-militar, Albert. Apesar de Odile querer apenas punir o marido, sua relação com Daniel cria consequências inesperadas, fazendo com que os dois estejam ligados para sempre.

Drama / Romance - (C'est L'amour) França, 2015.

Direção: Paul Vechialli.
Roteiro: Paul Vechialli.
Elenco: Pascal Cervo, Astrid Adverbe, Julien Lucq, Frédéric Karakozian, Paul Vechialli, Manuel Lanzenberg, Roland Munter, Mireille Roussel, dentre outros.

Duração: 97 min.
Classificação: 14 anos.


Little Boy - Além do Impossível

O'Hare, Califórnia. O pequeno Pepper tem uma forte ligação com o pai, James Busbee, com quem vive aventuras fantasiosas. Quando seu irmão London é convocado para lutar na Segunda Guerra Mundial, James se oferece para ir no lugar dele. A situação deixa Pepper desolado, sendo que ele ainda precisa lida com as constantes provocações dos demais garotos por ser pequeno demais - daí o apelido Little Boy. Disposto a trazer o pai de volta da guerra, ele resolve seguir uma lista de boas ações entregue pelo Padre Oliver.

Drama / Guerra - (Little Boy) México / EUA, 2015.

Direção: Alejandro Monteverde.
Roteiro: Alejandro Monteverde e Pete Portillo.
Elenco: Jakob Salvati, Kevin James, Emily Watson, Michael Rapaport, Ted Levine, Ben Chaplin, David Henrie, Tom Wilkinson, Cary Hiroyuki-Tagawa, Abraham Benrubi, Ali Landry, Toby Huss, dentre outros.

Duração: 106 min.
Classificação: a definir.


Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 11:21  



Era de se esperar. A Marvel acaba de lançar o mais novo trailer de Capitão América: Guerra Civil. Pela primeira vez, podemos ver de perto o novo Homem-Aranha, interpretado por Tom Holland.


É disparado o melhor trailer do longa até agora, que também mostra a divisão crescente ocorrendo dentro dos Vingadores, começando entre os dois protagonistas. Esse é um filme que promete.


Dirigido pelos irmãos Joe e Anthony Russo, Capitão América: Guerra Civil estreia nos cinemas em 28 de abril. Confira o trailer logo abaixo:












Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 10:47  

As origens de Darth Maul

(9 de mar de 2016)



Filmes e homenagens feitos por fãs existem desde que surgiu o cinema. Em sua maioria, são iniciativas de amadores, mas ocasionalmente pode surgir um trabalho altamente profissional e competente.


Foi lançado nesta semana Darth Maul: Apprentice, um curta-metragem de 15 minutos rodado na Alemanha e dirigido pelo estudante e cineasta Shawn Bu. A produção levou dois anos para ser concluída.


Mesmo não sendo uma produção oficial com o selo da Lucasfilm, o filme faz uma tentativa de contar as origens de Darth Maul, explicando de certa forma como os Sith se mantiveram escondidos dos Cavaleiros Jedi durante tantos séculos. A coreografia do filme é de primeira, inspirada diretamente no duelo que o personagem teve no Episódio I.


Star Wars sempre foi terreno fértil capaz de estimular a criatividade de fãs. Fãs que buscam aprimorar suas habilidades e ao mesmo tempo prestar homenagem ao universo criado por George Lucas. É sempre um prazer descobrir essas iniciativas, e isso se deve graças ao alcance que a internet tem.


Confira abaixo o filme.









Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 11:00  



Quem ainda se lembra da época em que filmes tinham aberturas musicais?


Antigamente, vários filmes praticavam esse método, com pleno som instrumental dominando a sala antes mesmo do filme começar (antes mesmo dos créditos). A tela permanecia escura, assim como as luzes da sala. A idéia era induzir o espectador no clima que o compositor e o diretor desejavam criar. Essas sequências musicais também eram características da época em que filmes tinham intervalos no meio das sessões.


E não é uma prática exclusiva do cinema, já que ela existe há séculos em outras formas de arte como a ópera e o teatro. E é uma oportunidade a mais para o espectador apreciar a obra de compositores e orquestras sinfônicas. A dedicação que vai nesse processo de criação é inestimável.


Infelizmente, essa prática acabou sumindo dos filmes. Até porque, isso significava 4 ou 5 minutos a mais de filme, algo que nenhum exibidor tolera hoje, preferindo sessões mais curtas. E eles preferem preencher o período inicial antes do filme com trailers e anúncios.


Apesar do fim dessa tendência, ainda existem alguns casos de cineastas buscando manter a tradição. Tanto que Tarantino utilizou-se deste recurso na versão 70mm de Os Oito Odiados, preenchendo as salas de exibição com a melodia de Ennio Morricone.


Confira abaixo as aberturas musicais de vários filmes clássicos. Esquente uma pipoca, feche as cortinas, apague as luzes e aumente o volume:



King Kong (1933)



















E o Vento Levou (1939)



















Os Dez Mandamentos (1956)



















Ben-Hur (1959)



















Spartacus (1960)



















Lawrence da Arábia (1962)



















Doutor Jivago (1965)





2001: Uma Odisséia no Espaço (1968)



















Jornada nas Estrelas - O Filme (1979)



















Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 11:26  

Estreias da Semana - 03/03/2016

(3 de mar de 2016)



Confira, em destaque, as estreias dos cinemas nesta quinta-feira, a seguir:


Kung Fu Panda 3

O sumido pai de Po resolve visitar o filho e levá-lo para uma reunião familiar. No meio da confraternização, no entanto, o panda guerreiro é surpreendido por um espantoso vilão e recorre aos velhos amigos para treinar os moradores locais a fim de combater o ser malvado.

Animação / Ação / Aventura / Comédia - EUA / China, 2016.

Direção: Jennifer Yuh e Alessandro Carloni.
Roteiro: Jonathan Aibel e Glenn Berger.
Elenco: Jack Black, Bryan Cranston, Dustin Hoffman, Angelina Jolie, J.K. Simmons, Jackie Chan, Seth Rogen, Lucy Liu, David Cross, Kate Hudson, James Hong, Randall Duk Kim, Steele Gagnon, Liam Knight, Wayne Knight, April Hong, Jean-Claude Van Damme, Knox Jolie-Pitt, Zahara Jolie-Pitt, Shiloh Jolie-Pitt, dentre outros.

Duração: 95 min.
Classificação: Livre.


Cinquenta Tons de Preto

Paródia de Cinquenta Tons de Cinza. Christian Black é um empresário milionário que recebe a estudante Hannah em seu escritório. Insegura e simplória, ela foi no lugar da amiga Kateesha para fazer uma entrevista para o jornal da faculdade. Eles logo flertam, apesar das trapalhadas que ela comete. Black passa a rondá-la, disposto a atraí-lo ao mundo secreto cheio de brinquedos que guarda em seu luxuoso apartamento.

Comédia - (Fifty Shades of Black) EUA, 2016.

Direção: Michael Tiddes.
Roteiro: Marlon Wayans e Rick Alvarez.
Elenco: Marlon Wayans, Kali Hawk, Mike Epps, Fred Willard, Mike Epps, Affion Crockett, Jane Seymour, Florence Henderson, Andrew Bachelor, Jenny Zigrino, Kate Miner, Irene Choi, Russell Peters, Angel Laketa Moore, Gregg Wayans, Dave Sheridan, dentre outros.

Duração: 92 min.
Classificação: 14 anos.


Zoolander 2

Os ex-modelos mais famosos do mundo, Derek Zoolander e Hansel, foram humilhados em um desfile e sumiram dos holofotes. Quando as personalidades mais bonitas do mundo começam a ser assassinadas, uma top model especializada em fotos de biquini pede a ajuda da dupla para investigar o caso. Logo, Zoolander e Hansel se infiltram nos bastidores da alta costura para combater os ataques de Mugatu.

Comédia - EUA, 2016.

Direção: Ben Stiller.
Roteiro: Justin Theroux, Ben Stiller, Nicholas Stoller e John Hamburg.
Elenco: Ben Stiller, Owen Wilson, Penélope Cruz, Kristen Wiig, Will Ferrell, Cyrus Arnold, Benedict Cumberbatch, Christine Taylor, Justin Theroux, Milla Jovovich, Fred Armisen, Andy Dick, Jon Daly, Justin Bieber, Kiefer Sutherland, Katie Couric, Christiane Amanpour, Charlotte Townsend, Jane Pauley, Amy Stiller, Jerry Stiller, Natalie Morales, Matt Lauer, Susan Boyle, dentre outros.

Duração: 102 min.
Classificação: 12 anos.



Apaixonados

Três casas se encontram e se unem em pleno carnaval. tentando ficar juntos em meio a diversos conflitos. Cássia é porta-bandeira de uma escola de samba se divide entre o carnaval e as preocupações com o pai internado. Ela se envolve com o médico Léo. Outro casal é composto por Soraya, uma cabeleleira que se relaciona com Hugo, um jovem abastado. O terceiro casal é o da rainha de bateria Sabine, que faz de tudo para projetar uma boa imagem de si. Ela se relaciona com o carnavalesco Charles.

Comédia / Romance - Brasil, 2015.

Direção: Paulo Fontenelle.
Roteiro: Paulo Fontenelle.
Elenco: Nanda Costa, Raphael Viana, Roberta Rodrigues, Paloma Bernardi, Luiz Guilherme, Nando Cunha, Renato Góes, Saulo Rodrigues, dentre outros.

Duração: 100 min.
Classificação: 10 anos.


A Bruxa

Nova Inglaterra, década de 1630. O casal William e Katherine leva uma vida cristã com suas cinco crianças numa comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos do local por sua fé diferente daquele permitida pelas autoridades. A família passa a morar num local isolado, sofrendo com escassez de comida. Um dia, o bebê recém-nascido desaparece. Eles temem que tenha sido sequestrado por uma bruxa.

Horror / Mistério - (The VVitch: A New-England Folktale) EUA / Inglaterra / Canadá / Brasil, 2015.

Direção: Robert Eggers.
Roteiro: Robert Eggers.
Elenco: Anya Taylor-Joy, Ralph Ineson, Kate Dickie, Harvey Scrimshaw, Ellie Grainger, Lucas Dawson, Bathsheba Garnett, Sarah Stephens, Julian Richings, dentre outros.

Duração: 92 min.
Classificação: 16 anos.


Um Homem entre Gigantes

Dr. Bennet Omalu, neuropatologista forense, diagnostica um trauma cerebral em um jogador de futebol americano e, investigando o assunto, descobre se tratar de um mal comum entre os profissionais do esporte. Determinado a rever o quadro e expôr para o mundo a grave situação, ele trava uma guerra contra a poderosa NFL.

Drama - (Concussion) EUA / Austrália / Inglaterra, 2015.

Direção: Peter Landesman.
Roteiro: Peter Landesman.
Elenco: Will Smith, Alec Baldwin, Albert Brooks, Gugu Mbatha-Raw, David Morse, Arliss Howard, Mike O'Malley, Eddie Marsan, Hill Harper, Adewale Akinnouye-Agbaje, Stephen Moyer, Richard T. Jones, Paul Reiser, Luke Wilson, Sara Lindsey, L. Scott Caldwell, dentre outros.

Duração: 123 min.
Classificação: 12 anos.



Meu Amigo Hindu

Diego é um cineasta diagnosticado com câncer terminal, cuja única chance de sobrevivência é se submeter a um transplante de medula óssea experimental, realizado apenas nos EUA. Ele parte para Washington, mas antes resolve se casar e despedir dos amigos. Já no hospital, ele conhece um menino hindu de apenas 8 anos, que também está internado. Diego passa a vivenciar com ele aventuras fantasiosas, inspiradas no cinema, que ajudam a suportar a dura realidade que os cerca.

Drama - Brasil, 2015.

Direção: Hector Babenco.
Roteiro: Hector Babenco.
Elenco: Willem Dafoe, Ary Fontoura, Bárbara Paz, Maria Fernanda Cândido, Dan Stulbach, Guilherme Weber, Maitê Proença, Reynaldo Gianecchini, Selton Mello, Supla, Dalton Vigh, dentre outros.

Duração: 124 min.
Classificação: 16 anos.


Fique Comigo

Num imóvel da periferia de Paris, o elevador está sempre quebrado. Seis personagens têm encontros improváveis: um fotógrafo conhece uma triste enfermeira que sonha retratar, um adolescente torna-se amigo de uma estrela de cinema e uma mulher idosa acolhe em sua casa um astronauta americano, vindo diretamente do céu.

Comédia - (Asphalte) França, 2015.

Direção: Samuel Benchetrit.
Roteiro: Samuel Benchetrit.
Elenco: Isabelle Huppert, Gustave Kervern, Valeria Bruni Tedeschi, Tassadit Mandi, Jules Benchetrit, Michael Pitt, Mickaël Graehling, Larouci Didi, dentre outros.

Duração: 100 min.
Classificação: 12 anos.


Black Butler - O Mordomo de Preto

Tóquio, 2020. Shiori Genpo é uma jovem mulher que perde seus pais, assassinados. Ela é a herdeira direta do trono do grande império comercial construído por sua família. No entanto, por ser uma mulher, ela é impedida de assumir sua posição de direito. Logo, ela precisa se vestir de homem, assumindo outra identidade - Kiyoharu Phantom - para obter o controle da empresa. Por ser um mundo hostil, ela busca a proteção de um ser fantástico, o demoníaco mordomo Sebastian, com quem firma um contrato cujo pagamento é a própria alma.

Fantasia / Suspense / Ação / Aventura / Ficção Científica - (Kuroshitsuji) Japão, 2014.

Direção: Kentarô Ohtani e Kei'ichi Sato.
Roteiro: Yana Tuboso.
Elenco: Hiro Mizushima, Ayame Gôriki, Yûka, Mikuzi Yamamoto, dentre outros.

Duração: 119 min.
Classificação: 14 anos.


Nossa Irmã mais nova

Sachi, Yoshino e Chika são irmãs e vivem juntas em uma casa que pertence à família há tempos. Apesar de não verem o pai há 15 anos, elas vão ao seu enterro. Lá conhecem a adolescente Suzu Asano, sua meia-irmã. Logo as três irmãs convidam Suzu para que more com elas. Assim, elas passam a conviver juntas e descobrem os pontos sensíveis relacionados ao pai em comum.

Drama - (Umimachi Diary) Japão, 2015.

Direção: Hirokazu Koreeda.
Roteiro: Hirokazu Koreeda.
Elenco: Haruka Ayase, Masami Nagasawa, Kaho, Suzu Hirose, Ryô Kase, Ryôhei Suzuki, Takafumi Ikeda, Kentarô Sakaguchi, Ôshirô Maeda, dentre outros.

Duração: 127 min.
Classificação: 10 anos.



Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 12:12  

Procurando Dory - Trailer

(2 de mar de 2016)




Os fãs que esperavam pela tão esperada sequência de Procurando Nemo podem entar em clima de contagem regressiva. Agora é oficial.


A Pixar e a Disney lançaram mais um trailer de Procurando Dory. Este contém quase dois minutos de cenas inéditas.


Após os eventos do filme original de 2003, a esquecida Dory finalmente se lembra de que tem uma família em algum canto do oceano e parte em busca deles, se envolvendo em diversas aventuras e situações de perigo na viagem.


Ellen DeGeneres dubla Dory novamente, e Albert Brooks reprisa o papel de Marlin, pai de Nemo. Andrew Stanton, diretor do filme original e também de Wall-E, dirige a continuação.


O filme chega aos cinemas em 30 de junho. Confira o trailer abaixo:





Posted in 0 comentários Postado por Eduardo Jencarelli às 13:00