Morre Carrie Fisher

(27 de dez de 2016)




Hoje é um longo dia de luto. Carrie Fisher morreu nesta terça-feira aos 60 anos após complicações decorrentes de um ataque cardíaco que sofreu antes do natal. Não há como suavizar essa ferida. Ela deixou este mundo cedo demais.


Filha de Debbie Reynolds e Eddie Fisher, Carrie cresceu em hollywood, mas acabou não se adaptando ao showbiz da maneira que todos esperavam. Enfrentou uma vida dura, repleta de problemas pessoais, incluindo transtorno bipolar e problemas com drogas. Mesmo assim, conseguiu sobrepor todos os obstáculos.


Num mundo que preza a beleza física, ela foi contra a corrente e fez de sua inteligência, personalidade talento e rebeldia suas características dominantes. Tornou-se uma escritora, roteirista e empreendedora dedicada. Sempre reconhecida como a eterna Princesa Leia de Star Wars, Fisher ao invés de fugir do rótulo, ela o usou a seu favor. Seu senso de humor era inigualável.


Ela foi mais do que uma princesa. Foi uma lutadora e heroína. E seu legado segue em frente com a filha Billie Lourd.


Agora Carrie pode descansar em paz. Que a força esteja sempre com ela. Segue abaixo um tributo à princesa que cativou milhões no mundo todo.





Posted in Postado por Eduardo Jencarelli às 10:33  

0 comentários:

Postar um comentário