Trailer - ROMA

(11 de set de 2018)




Alfonso Cuarón já fez alguns filmes memoráveis nesses últimos 30 anos. O Jardim Secreto, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Filhos da Esperança e Gravidade, dentre outros.


Além de pular de gênero em gênero com uma facilidade que poucos diretores tem, ele consegue manter um toque pessoal em qualquer produção por mais blockbuster e produto de comitê hollywoodiano que ela seja. Consegue criar um produto autoral ao mesmo tempo que comercial.


Não que sucesso comercial seja necessariamente o objetivo de seu próximo filme. Ele claramente foi feito para premiações e aclamações da crítica especializada. Estamos falando de Roma*. Filme que foi feito graças a intervenção da Netflix.


*Nenhuma ligação com a série histórica da HBO, exibida entre 2005 e 2007.


O filme conta a história de uma família mexicana na década de 1970, num período conturbado no qual o país lidava com várias crises envolvendo o governo do PRI e a chacina de estudantes que protestavam contra ele. Família essa que é despedaçada e luta para se reunir.


Filmado em preto-e-branco, o filme é um prato visual mostrando a intimidade das cenas familiares, a grandiosidade do mundo opressor que os cerca, a inocência, a perda, a revolução e a inspiração. Tudo isso pode ser visto no trailer.


O filme estreia em dezembro, tanto em cinemas, quanto no Netflix. Confira o trailer logo abaixo:





Posted in Postado por Eduardo Jencarelli às 12:55  

0 comentários:

Postar um comentário