Estreias da Semana - 19/07/2018

(19 de jul de 2018)




Confira em destaque as estreias desta quinta-feira a seguir:



Ilha dos Cachorros

Atari Kobayashi é um garoto japonês de 12 anos de idade. Ele mora na cidade de Megasaki, sob tutela do corrupto prefeito Kobayashi. O político aprova uma nova lei que proíbe os cachorros de morarem no local, fazendo com que todos os animais sejam enviados a uma ilha vizinha repleta de lixo. Como não aceita se separar do cachorro Spots, Atari convoca os amigos, rouba um jato em miniatura em parte em busca de seu fiel amigo, aventura que transforma completamente a vida da cidade.

Animação / Aventura / Comédia / Drama / Fantasia - (Isle of Dogs) Alemanha / EUA, 2018.

Direção: Wes Anderson.
Roteiro: Wes Anderson.
Elenco: Bryan Cranston, Koyu Rankin, Edward Norton, Bob Balaban, Bill Murray, Jeff Goldblum, Kunichi Nomura, Akira Takayama, Greta Gerwig, Frances McDormand, Akira Ito, Scarlett Johansson, Harvey Keitel, F. Murray Abraham, Yoko Ono, Tilda Swinton, Ken Watanabe, Mari Natsuki, Fisher Stevens, Nijirô Murakami, Liev Schreiber, Courtney B. Vance, Roman Coppola, Anjelica Huston, Jake Ryan, dentre outros.

Duração: 101 min.
Classificação: 12 anos.



Uma Quase Dupla

Quando uma série de assassinatos abala a bucólica rotina da cidade de Joinlândia, o calmo e pacato subdelegado Claudio recebe a ajuda da destemida e experiente investigadora Keyla nas investigações. No entanto, a diferença de ritmo e a falta de química dos dois só atrapalha a solução do misterioso caso.

Comédia - Brasil, 2018.

Direção: Marcus Baldini.
Roteiro: Leandro Muniz, Tatá Werneck, Fernando Fraiha e Daniel Furlan.
Elenco: Tatá Werneck, Cauã Reymond, Louise Cardoso, Ary França, Alejandro Claveaux, Daniel Furlan, Augusto Madeira, Luciana Paes, Gabriel Godoy, dentre outros.

Duração: 90 min.
Classificação: 12 anos.



O Orgulho

Neïla Salah, moradora do subúrbio de Paris, quer ser advogada e desde o primeiro dia de aula na universidade entra em confronto com Pierre Mazard, veterano professor conhecido por seus ataques de explosão, preconceitos e arrogância. Filmado pelos alunos fazendo comentários extremamente grosseiros e racistas, ele é desafiado a preparar Neïla para vencer um concurso acadêmico de retórica em troca de uma segunda chance de seus superiores. As diferenças são muitas, assim como é enorme a quantidade de ensinamentos que um pode oferecer ao outro - caso consigam se entender.

Comédia / Drama - (Le Brio) França / Bélgica, 2017.

Direção: Yvan Attal.
Roteiro: Victor Saint Macary, Yaël Langmann, Yvan Attal, Bryan Marciano e Noé Debré.
Elenco: Daniel Auteuil, Camélia Jordana, Yasin Houicha, Nozha Khouadra, Nicolas Vaude, Jean-Baptiste Lafarge, Virgil Leclaire, Zohra Benali, Damien Zanoli, Nassim Si Ahmed, dentre outros.

Duração: 95 min.
Classificação: 12 anos.



Tio Drew

Dax é um grande fã de basquete, que atua como técnico de um time amador. Ele decide gastar todas as suas economias para garantir a presença de sua equipe em um campeonato de basquete de rua realizado no Harlem, Nova York, de olho no prêmio de US$ 100 mil ao vencedor. No entanto, após uma série de eventos desastrosos, ele perde o controle do grupo e precisa urgentemente formar uma nova equipe. Para resolver o problema, ele recruta uma grande lenda do esporte, o incrível tio Drew, que está aposentado há anos. Com um novo time repleto de setentões, Dax acredita que finalmente conseguirá alcançar uma vitória em sua carreira esportiva.

Comédia / Esporte - (Uncle Drew) EUA, 2018.

Direção: Charles Stone III.
Roteiro: Jay Longino.
Elenco: Kyrie Irving, Lil Rel Howery, Shaquille O'Neal, Chris Webber, Reggie Miller, Nate Robinson, Lisa Leslie, Erica Ash, Tiffany Haddish, Nick Kroll, Aaron Gordon, Mike Epps, J.B. Smoove, Wesley Witherspoon, dentre outros.

Duração: 103 min.
Classificação: 12 anos.



Bergman - 100 Anos

Em 2018, o diretor sueco Ingmar Bergman, falecido em 2007, teria completado 100 anos. Este documentário resgata a obra monumental do cineasta, autor de filmes como O Sétimo Selo, Morangos Silvestres, Persona, Gritos e Sussurros, Luz de Inverno, O Ovo da Serpente e Fanny e Alexander. O foco é o ano de 1957, quando Bergman lança dois filmes, filma mais dois, dirige um telefilme e quatro peças de teatro. Conversando com atores, colaboradores, críticos e historiadores, o filme traça o retrato de um homem obsessivo, instável, difícil de lidar, mas ao mesmo tempo um dos maiores artistas da história da Suécia, e também o único diretor a receber a "Palma das Palmas" no festival de Cannes.

Documentário - (Bergman: A Year in a Life) Suécia / Noruega, 2018.

Direção: Jane Magnusson.
Roteiro: Jane Magnusson.
Elenco: Ingmar Bergman, Lena Endre, Thorsten Flinck, Elliott Gould, Jane Magnusson, Barbra Streisand, Liv Ullmann e Lars von Trier.

Duração: 117 min.
Classificação: Livre.



Egon Schiele - Morte e a Donzela

Egon Schiele foi um dos artistas mais provocativos de Viena no início do século XX. O jovem talentoso e sedutor condiziu sua vida e obra de acordo com as mulheres que o cercavam: Gerti, sua irmã mais nova e primeira musa, e Wally, paixão de sua vida, imortalizada na famosa pintura "Morte e a Donzela". Causador de escândalos sociais, ele atraiu a atenção de artistas ousados como Gustav Klimt.

Drama / Biografia - (Egon Schiele: Tod und Mädchen) Áustria / Luxemburgo, 2016.

Direção: Dieter Berner.
Roteiro: Hilde Berger e Dieter Berner.
Elenco: Noah Saavedra, Maresi Riegner, Valerie Pachner, Marie Jung, Elisabeth Umlauft, Larissa Breidbach, Thomas Schubert, Daniel Sträßer, Cornelius Obonya, Michael Kreihsl, André Jung, dentre outros.

Duração: 110 min.
Classificação: 14 anos.



Posted in Postado por Eduardo Jencarelli às 12:40  

0 comentários:

Postar um comentário